O INFERNO É O LIMITE

POLITIQUEIROS EM APUROS EM CACOAL - VENENO DE SÓCRATES

RIDENDO CASTIGAT MORE

04/02/2021 18h07
Por: REDAÇÃO

 

FOGO NO RABO DO CHEFINHO

O circo está armado. O chefinho que adora plantar cagada pra colher improbidade aprontou mais uma.

O Deputado CIrone Deiró, conseguiu a liberação de cerca de 3 milhões e quinhentos mil reais de recursos do Estado para ampliação de 12 leitos de UTI no município de Cacoal.

O chefinho, que fingiu inaugurar um hospital de campanha, mas apenas transferiu uma UCS acessível a todos para onde Judas Perdeu as botas, decidiu que poderia mudar a destinação da verba e converteu essa grana em abono para os profissionais de Saúde.

Neste momento está sendo protocolado perante a curadoria de Saúde da Promotoria de Justiça local um pedido de providências contra o prefeito.

Ao que tudo indica, o promotor Ranulfo já se convenceu de que o chefinho é um muleke e vai pra cima dele contudo.

Esse moço vai pegar improbidade e ainda pagará o preço político pela falta de UTIs. Já morreram 6 pessoas nesta semana em Cacoal, e neste exato momento há pessoas com falta de ar na fila de espera de UTI e respirador.

Salve-se quem puder. A treta é sinistra.

 

PREFEITO DE VERDADE

Cacoal agora já sabe que o prefeito de Cacoal é o Càssio Goes, que eventualmente é substituído pelo Adailton Fúria, quando é necessário que se tenha um prefeito em dois lugares ao mesmo tempo.

A falta do dom  da ubiquidade parece ser o grande defeito do prefeito Cássio Góes, pois quando o Fúria vai em seu lugar em qualquer encontro é um desastre.

Esses dias Fúria foi se reunir com representantes da educação que queriam acompanhar de perto a execução do Plano de Vacinação no município, e Fúria, sem ouvir ou respeitar, perguntou, em tom de deboche,  a uma representante da área, se ela queria furar fila.

Toda vez que Fúria se reúne com setores da sociedade civil que não lhe prestam continência é um show de horrores, e isso terá certamente uma reação em breve tempo, se o prefeito Cassio Goes não tratar de assumir de vez todas as relações públicas. Sabemos que é difícil prefeito, mas se o senhor não tomar a frente, logo teremos a revolução das catanas. E não vai adiantar dizer que a culpa é do gestor anterior.

 

POR UM FIO

O Secretário de Agricultura ficha suja está nas mãos do MP. A juíza responsável pela Ação Popular ajuizada por Marcos Vasques contra nomeação do ex prefeito de Castanheiras determinou na tarde de ontem que o Ministério Público se manifeste em 5 dias sobre o pedido de liminar para afastamento do gestor da pasta da agricultura que o chefinho insiste em manter mesmo com toda a sua extensa ficha corrida de improbidade e má versação de recursos públicos. Desconfia-se que ele é desejável pelo prefeito, exatamente por esse motivo.

 

CACOAL MORRENDO

Não tem nenhuma vaga nas UTIs de Cacoal, os casos tem aumentado vertiginosamente nas ultimas edições do boletim Egevisa, mas o prefeito não está preocupado e quer voltar com as aulas.

“ O importante é que estamos na fase 3” teria dito o alcaide em tom de comemoração.

 

AGLOMERAÇÃO CULTURAL

O Diario Oficial da Arom teve uma publicação da FUNCCAL que anuncia um contrato de locação do teatro municipal por 1300 reais, sem no entanto dar maiores detalhes sobre a finalidade do aluguel. Será que teremos uma aglomeração cultural nos próximos dias?

 

VEREADOR IGREJEIRO SERÁ CASSADO

Um passarinho verde veio me contar que tem um vereador de Cacoal, dessa nova safra, que embora evangélico não sabe se está no céu ou no inferno e acende uma vela pra Deus e outra pro tinhoso por via de dúvidas, está no bico do urubu, ou ná tábua da beirada.

O cara abusou do poder econômico, sub faturou   gastos, consumiu muito mais do que declarou durante a campanha e deixou rastros tão profundos que até um cego seria capaz de lhe seguir o seu trilho de dejetos de campanha. “Ele fez isso porque acho que não ia ganhar”, dizem. Mas o fato é que ele foi eleito, já foi mordido pela mosca azul, está todo altivo e confiante, mas a julgar pelas provas do processo de Investigação Eleitoral (AIJE) que foram vistas por estes olhinhos que a terra há de comer, seu suplente fatalmente irá abocanhar sua vaga em brevíssimo tempo. Só Jesus pode salva-lo, mas seria conivente.

 

O CHEFÃO ESTÁ PRESTES A ABANDONAR O CHEFINHO

Dizem as perversas línguas que nem Santo Expedito, chefão do chefinho, aguenta a empáfia e tagarelice do muleke, e que seu apoio ao jovem mancebo já tem data pra acabar.

Dizem essas línguas pérfidas, que se depender do chefão, o chefinho irá laborar em todos os erros que sua criancice for capaz de conceber, e o núcleo da terra é o limite.

Força chefinho. É morrendo que se nasce para vida eterna.