POLARIZAÇÃO

PADRE RECLAMA DE MANIFESTAÇÃO E BOLSOMINIUNS DE CACOAL PROPÕEM BOICOTE AO CACOAL SELVA PARK

MANIFESTAÇÃO CONTRA BOLSONARO TERIA DESENCADEADO AS REAÇÕES DE RADICAIS DE EXTREMA DIREITA

23/06/2021 15h05
Por: REDAÇÃO

Alguns cidadãos de Cacoal aderiram ao movimento nacional contra o Presidente Jair Bolsonaro e se reuniram no último sábado, 19 de junho, em frente a igreja católica Matriz da cidade, para concentração e discurso dos manifestantes.

O empresário Nério Biachini, que já foi deputado e é um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores em Rondônia, discursou no evento, que foi filmado e compartilhado nas redes sociais.

Em sua fala, Nério defendeu o lucro honesto e a atividade empresarial como meio digno de estar no mundo capitalista, teceu elogios  ao ex presidente Lula que é seu amigo pessoal, e somou ao coro do fora Bolsonaro que foi a temática do evento.

Minutos depois de seu pronunciamento circular nas redes sociais, defensores da ala mais radical do presidente Jair Bolsonaro, chamados costumeiramente de Bolsominiuns, começaram a publicar em várias plataformas virtuais,  que o empresário, que   defendeu o lucro em seu discurso, é “comunista e defensor de invasão de terras”.

Nério é  proprietário de uma das maiores empresas do setor hoteleiro em Rondônia, Cacoal Selva Park, que é uma estância de lazer e hospedagem de destacada popularidade em todo país, recebendo pessoas não apenas do estado, mas de todo o Brasil e até do exterior, sendo o mais bem sucedido empreendimento do setor turístico de Rondônia.

Além do Cacoal Selva Park, Nério Bianchini administra, juntamente com seus filhos,  diversas empresas de variados ramos de atividade, de laticínios a pecuária e insumos para construção.

Perguntado pelo E.R. sobre o segredo de tantos empreendimentos bem sucedidos,   Nério disse que não tem segredo algum. É só pensar que todo negócio precisa ser economicamente viável, socialmente justo, e ecologicamente sustentável.

O boicote ao Cacoal Selva Park não repercutiu negativamente e ao contrário, atraiu diversos defensores da atividade empresarial de Nério Bianchini, como o ex vereador Jabá Moreira, que em um áudio de 14 minutos compartilhado nas redes sociais, enalteceu as empresas de Nério, não só pelos empregos que gera na cidade, mas também pela boa imagem da cidade que os seus estabelecimentos transmitem aos  que vem de fora.

 

Outra repercussão do evento foi o pronunciamento do pároco responsável pela Igreja Matriz, feito na missa do dia seguinte a manifestação e compartilhado em vídeo na internet, criticando a manifestação em frente a igreja.

O padre, que vestia paramentos em verde e amarelo, afirmou não ter sido avisado da manifestação que teria sido realizada no pátio do templo católico, e criticou os manifestantes por “associarem a igreja ao movimento de rua” ao filmarem a fachada da Matriz com pessoas lá reunidas.

Para o professor Xavier Gomes, que também estava no evento, “o padre estava paramentado como um bolsominium e mentiu sobre a manifestação ter sido feita no pátio da igreja,  porque ninguém estava no pátio,  mas no passeio público, e não houve qualquer menção ou associação do movimento à igreja católica”, desabafou o professor.