DISPUTA OAB CACOAL

DEPOIS DE APOIO DE LÚCIO LACERDA AO ATUAL PRESIDENTE DA OAB CACOAL, PREFEITO FÚRIA FAZ REPRESENTAÇÃO CONTRA O ADVOGADO NA OAB

PREFEITO ESTARIA PRETENDENDO FAZER DA SUBSEÇÃO DA OAB CACOAL UM PUXADINHO DA PREFEITURA

24/08/2021 18h12Atualizado há 4 semanas
Por: REDAÇÃO

Depois de o advogado Lúcio Lacerda ter manifestado apoio explícito nas redes sociais ao movimento de advogados VAMOS JUNTOS COM A ADVOCACIA, que é o movimento local dos advogados de Cacoal para formação de uma chapa visando a recondução do atual presidente da subseção da OAB da cidade, Dr. Diógenes Nunes, foi recebida na OAB, Seccional Rondônia, pedido de abertura de processo disciplinar contra o causídico, de autoria do Prefeito Adailton Fúria.

Na petição do prefeito direcionada ao órgão de classe, o alcaide acusa o causídico de se comportar de forma incompatível com a profissão, citando como exemplo desta incompatibilidade, críticas feitas ao prefeito em redes sociais, que fez questão de reproduzir na peça.

Fúria ainda acusa o advogado de captar ilegalmente clientes beneficiados com o programa minha casa minha vida, e de ter exercido a advocacia ilegalmente durante o tempo em que foi Secretário Municipal de Cultura, presidindo a Fundação Cultural de Cacoal.

 

O advogado Lúcio Lacerda disse ao E.R. que isso é uma manifestação de desespero do prefeito, que vê no causídico o principal movimento de oposição a coibir-lhe os impulsos autoritários, já que suas opiniões não estão a venda, daí porque se expressa na internet com absoluta independência e autenticidade. Além disso, o advogado disse que Fúria pode estar manifestando contrariedade ao apoio dado ao Movimento Advocatício em favor da recondução do Dr. Diógenes Almeida a presidência da OAB subseção Cacoal, já que o prefeito, juntamente com o Sub Procurador Geral do Município, Dr. Tony Pablo, tenta emplacar como candidatos a presidência da OAB Cacoal, o Advogado Sindical Dr. Jean de Jesus. Não passarão. Conclui o causídico afirmando que o prefeito não vai fazer da OAB Cacoal mais um puxadinho da prefeitura.

Lúcio Lacerda afirma ainda que “ Fúria fez a representação como advogado que é, mas como nunca atuou na área e não sabe advogar, pediu que aplicasse a mim punições que não correspondem as infrações por ele inventadas, razão pela qual, minha resposta ao processo, será uma aula de deontologia profissional ao prefeito, para ele aprender e aplicar quando sair da vida pública e for tentar a vida como advogado.”

O Advogado finaliza dizendo que as acusações do prefeito são absolutamente falsas visto que foi procurado por autoridades e interessados para trabalhar para o pessoal das casinhas populares, jamais tendo se oferecido para realizar o serviço, e que substabeleceu todos os seus processos para sua filha, Dra. Laurene Lacerda, quando assumiu a Secretaria de Cultura, e que, se  pra ser advogado precisar falar bem de prefeito moleque, a Ordem terá que expulsa-lo mesmo, pois isso não é compatível com sua dignidade pessoal e sinceridade de coração.

Trecho da representação apresentada por Adailton Fúria: