IMUNIZA CACOAL

ADVOGADOS DE CACOAL COM SEGUNDA DOSE ATRASADA, MAS APENAS DOIS DELES, LIGADOS A ADMINISTRAÇÃO, CONSEGUIRAM TOMAR A SEGUNDA DOSE NESTA SEXTA FEIRA

VACINA ASTRAZENECA ESTARIA EM FALTA

08/10/2021 18h30Atualizado há 1 semana
Por: REDAÇÃO

Os advogados de Cacoal tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca em 15 de junho de 2021, e a segunda dose foi agendada para 03 meses depois, em 15 de setembro de 2021.

Com a informação de que as vacinas dessa marca específica estariam em falta, o município vem atrasando desde então a disponibilização da segunda dose da vacina, não apenas para os advogados, mas também para outras pessoas que receberam a primeira dose de AstraZeneca, apesar de que foram registradas centenas de aplicações da primeira dose, ou de dose de reforço, desse mesmo imunizante no período do atraso.

Para essa sexta feira a prefeitura se comprometeu a aplicar a segunda dose do imunizante AstraZeneca, em Drive Thru, no Cacoal Shopping, às pessoas cuja segunda dose estava prevista para 13 de setembro, o que excluía os advogados, já que as segundas doses dos profissionais de direito venceram no dia 15 de setembro, dois dias depois do grupo para quem a prefeitura disponibilizou a vacina desta sexta feira.

Mesmo assim, pelo menos dois advogados com ligações muito próximas ao município, conseguiram tomar o imunizante. O Dr. Jean de Jesus, advogado do sindicato dos servidores municipais e candidato a subseção da OAB Cacoal apoiado pelo prefeito Adailton Fúria, e a procuradora municipal Renata Demito foram os únicos que tomaram conhecimento dessa exceção e se imunizaram definitivamente na data de hoje.

Tanto Dr. Jean quanto doutora Renata se manifestaram publicamente nas redes sociais confirmando que tomaram a segunda dose. Dr. Jean postou seu comprovante em um grupo de advogados, e a Dra Renata informou através de áudio como obteve a informação privilegiada de que poderia ser vacinada. Veja vídeo abaixo:

O E. R. entrou em contato com a Secretária Municipal de Saúde, Janayna Paulo Gomes, esta informou que não autorizou a quebra de isonomia, e que não deu ordens para que fossem vacinadas pessoas senão àquelas previstas no plano de divulgação.

A Secretária informou que foi um lamentável erro de comunicação e disse  que a vacinação dos advogados e de quem teve a data para aplicação da segunda dose agendada para o dia 15 de setembro será na quarta ou quinta feira da semana que vem.