LACERDA ADVOCACIA
SAÚDE PÚBLICA

FÚRIA FORÇA AGLOMERAÇÃO E DISPENSA USO DE MÁSCARAS

COMÉRCIO DE CACOAL PODE VOLTAR A SOFRER RESTRIÇÕES SE CASOS E ÓBITOS CONTINUAREM AUMENTANDO

25/11/2021 19h09Atualizado há 1 semana
Por: REDAÇÃO

 

Com número de novos casos de Covid 19 praticamente zerados no mês de outubro, Cacoal estava em franca retomada de sua normalidade social e comercial. Ainda assim, a maioria dos comerciantes continuavam com os cuidados sanitários em seus estabelecimentos, como a disponibilização de álcool em gel e a exigência do uso de máscara para entrada nos estabelecimentos.

Entretanto, após a realização da Expo Norte, evento que durou de 27 de outubro a 1 de novembro, onde o prefeito Adailton Fúria compareceu e se apresentou diante de milhares de pessoas bebendo uma garrafa de vodca no gargalo, os casos de Covid 19 dispararam na cidade, somando mais de 500 novos casos entre 2 e 25 de novembro, com a confirmação de 5 óbitos causados pela doença. ( cerca de 1% do total de novos casos)

Na última semana começaram a circular nas redes sociais diversos áudios em que cidadãos e até servidores da saúde começaram a denunciar o aumento de casos e a advertir o poder público para o perigo da realização de grandes eventos na cidade.

Atualmente, o Hospital Regional está com 2/3 de seus leitos de UTI ocupados, e se houver um agravamento entre os contaminados o colapso é certo.

Em um dos áudios o Dr. Laerte Mendes Júnior, médico responsável pelo hospital de campanha, disse que há vários dias tem realizados testagens em massa e que cerca de 35% das pessoas suspeitas tem testado positivo para a doença.

Vóz do médico Laerte Júnior, revelando o aumento de casos:

Os boletins diários da Agevisa registraram mais de 500 novos casos em Cacoal após o evento da Expo Norte.

Apesar desses indicadores e do evidente nexo entre o aumento de casos e o evento agropecuário, o Prefeito Adailton Fúria decidiu contratar um cantor gospel para realizar o show de aniversário da cidade,  que acontece nesta sexta feira, dia 26, além de ceder gratuitamente o espaço público do Beira Rio, para que os empresários do cantor Gustavo Lima realizem um mega evento do artista, onde os ingressos cobrados possuem valores que  vão de 200 a 20 mil reais.

Para o aniversário da cidade o Prefeito teria disponibilizados ônibus da empresa que irá operar o transporte público coletivo no município e acordado com pastores e igrejas evangélicas a mobilização de congregações para organizar os fieis para que sejam transportados ao evento de aniversário da cidade, onde se apresentará o cantor evangélico Regis Danese.

Além de facilitar a aglomeração de pessoas, o prefeito deu uma entrevista a TV Allamanda estimulando as pessoas a não usarem máscaras, dizendo  que em Cacoal não teria uma lei que obrigasse as pessoas a usa-las. O alcaide desconsidera que há legislação nacional que impõe o uso de máscaras na pandemia.

Os dados de aumento de Covid logo após as festividades da ExpoNorte informam que a simples realização do evento, mesmo com participação espontânea das pessoas,  é capaz de impactar a saúde pública e o bem estar coletivo, e poderiam subsidiar as decisões do prefeito quanto as comemorações do aniversário da cidade e a cessão do Beira Rio para um Show do Gustavo Lima.

Apesar disso, o prefeito não apenas manteve os dois eventos, como tratou de garantir que a aglomeração no aniversário da cidade tenha grande público, disponibilizando transporte para levar e buscar os evangélicos que queiram assistir ao show gospel.

Se a Exponorte foi capaz de alavancar o número de casos de Covid 19 em Cacoal, levando a evolução de novos infectados do zero ao 500, certamente o aniversário da cidade e o mega show do Gustavo Lima, associado as festividades de fim de ano, podem levar a uma situação em que as restrições do comercio precisem ser reativadas em 2022.

Os templos que hoje organizam seus membros para envia-los ao show gospel que o prefeito preparou, podem ter ser cultos suspensos em 2022 caso a evolução da doença no município continue como está, com o impulso destes dois grandes eventos altamente suscetíveis de transmitir a doença