LACERDA ADVOCACIA 2
OIO
hemodiálise

PREFEITURA PATINA NA ADMINISTRAÇÃO DA HEMODIÁLISE E ATRASA TALÕES DA ENERGISA

Contas em atraso passam de 40 mil

13/01/2022 15h26
Por: REDAÇÃO

A prefeitura que requisitou administrativamente a clínica de hemodiálise da cidade, ao argumento de que a mesma estava passando por problemas de administração, mesmo tendo tido um incremento de 720 mil reais por ano, fornecidos pelo Governo do Estado, vem patinando na administração da clínica e aumentando o passivo da empresa requisitada, renovando indefinidamente a requisição a cada 4 meses.

Depois da requisição a prefeitura parou de pagar o plano de saúde dos funcionários, atrasou salários e se recusou a pagar as dívidas recorrentes da empresa, além de diminuir a qualidade dos equipamentos e insumos usados na atividade e ter passado por uma crise de infecções entre os pacientes.

Agora há problema até com o pagamento das contas de luz da empresa. A redação do E.R. teve acesso a comunicados de dívida enviados pela Energisa que revelam débitos em aberto desde meados de 2021.

As cobranças se referem a talões de luz não quitados e cujos valores passam de 15 mil reais por um mês de consumo, e o atraso só não gerou o corte dos serviços de energia elétrica por tratar-se de atividade essencial em estabelecimento de saúde.

Embora seja certo que houve atrasos, a redação não pode confirmar se os talões foram ou não quitados até o presente momento.

Na primeira semana de fevereiro vence o prazo da última prorrogação da requisição administrativa e completa 1 ano de gestão municipal da empresa.

Caption